Sistema de Incentivos à Internacionalização

 

Candidatura n.º M1420-03-0752-FEDER-000007
Apoio no âmbito do Sistema de Incentivos à Internacionalização das Empresas da Região Autónoma da Madeira (Internacionalizar 2020)

BiosinkCO2 (Tech), Lda.

Internacionalizar BiosinkCO2: Licenciamento tecnológico e comercialização de produtos com microalgas


Custo total elegível aprovado: Euro 440.627,20
Apoio financeiro aprovado: Euro 176.250,88


Com o presente projeto, a BiosinkCO2 pretende desenvolver todos os esforços necessários à efetiva internacionalização do seu modelo operacional, o qual assenta em duas vertentes principais:

  • Licenciamento tecnológico, incluindo prestação de serviços de engenharia assente nas suas patentes e know-how, para a construção de novas instalações industriais de produção de biomassa a partir de microalgas a nível internacional;
  • Produção e comercialização de produtos de elevado valor acrescentado, através de marca própria, tendo como ingrediente as microalgas, com o objetivo de valorizar e escoar a biomassa produzida pela indústria a quem a BiosinkCO2 pretende licenciar a tecnologia anteriormente referida (produtos destinados, numa primeira fase, à alimentação animal e humana, tais como sumos naturais, barras e suplementos energéticos, molhos, pão, entre outras aplicações por exemplo ao nível dos setores da cosmética e farmacêutico).

Tendo em vista a capacitação da Empresa para a efetiva internacionalização do seu modelo de negócio associado ao licenciamento tecnológico, entende-se que a BiosinkCO2 necessita ainda (i) de recorrer a serviços de consultoria especializados na definição da estratégia de internacionalização, (ii) de recorrer a estudos técnicos hidráulicos com vista a otimizar e desenvolver a tecnologia atualmente utilizada para se adequar aos recursos hídricos que as potenciais indústrias clientes possam apresentar, (iii) de investir num software de gestão de processos capaz de assegurar a gestão do negócio internacional ao nível do licenciamento tecnológico, (iv) de apostar num novo sistema de medição de gases de modo a ser possível efetuar diagnósticos e avaliar a exequibilidade de implementação de biorrefinarias nas potenciais indústrias clientes e, por último, (v) de empreender ações de promoção da sua tecnologia nos principais mercados internacionais.

Por outro lado, tendo em vista a internacionalização da BiosinkCO2 ao nível da produção e comercialização dos produtos biocompostos, importa (i) criar/desenvolver e registar uma Marca Própria, (ii) recorrer a serviços de consultoria especializados na definição da estratégia de marca para os mercados internacionais, (iii) recorrer a serviços de consultoria de estruturação de negócio a nível internacional de modo a assegurar todos os requisitos necessários à subcontratação de fabricantes para os produtos sob Marca Própria, (iv) desenvolver um modelo estratégico e conceptual de distribuição de produtos de Marca Própria em loja, (v) investir num software de gestão de processos capaz de assegurar a gestão do negócio internacional ao nível dos produtos e (vi) empreender ações de promoção internacional, quer seja através da participação em feiras, quer seja ao nível de publicidade e criação de website.